Você e os outros

Metáfora dos porcos-espinhos, de Schopenhauer

“Um grupo de porcos-espinhos perambulava num dia frio de inverno. Para não congelar, os animais chegavam mais perto uns dos outros. Mas, no momento em que ficavam suficientemente próximos para se aquecer, começavam a se espetar com seus espinhos. Para fugir da dor, dispersavam-se, perdiam o benefício do convívio próximo e começavam a tremer, o que os levava novamente à companhia uns dos outros – e o ciclo se repetia: a luta para encontar uma distância confortável entre a dor e a proximidade.”

(Trecho do Editorial da revista “Mente e Cérebro”, Edição Especial número 22, cujo
título é “Você e os outros – O desafio dos relacionamentos”, que pode ser comprada na Loja da Editora Duetto.)

This entry was posted in Pensamentos & Citações. Bookmark the permalink.

Comments are closed.